Artemis - Branca

Diferenças entre Site e Landing Page: Veja qual é melhor escolha

Conteúdos

Quando se trata de ter uma presença online eficaz, é importante entender as diferenças fundamentais entre um site e uma landing page. Ambos desempenham papéis cruciais na estratégia de marketing digital de uma empresa, mas são projetados para fins diferentes e têm características distintas.

Com a crescente sobre conteúdos de tráfego pago, muito se tem falado sobre landing pages, porém ainda podem haver dúvidas sobre a diferença entre elas e um site institucional.

Neste conteúdo, vamos falar sobre o que é um site, o que é uma landing page e as diferenças entre eles. Além disso, discutiremos por que uma landing page pode converter mais do que uma homepage e como criar uma landing page eficaz.

O que é um Site?

Um site é uma presença online abrangente que representa uma empresa ou pessoa na internet. Geralmente ele é composto por várias páginas interconectadas, por exemplo:

  • Página inicial (homepage)
  • Páginas de produtos ou serviços
  • Sobre nós
  • Contato
  • Blog
  • Downloads

Um site é projetado para fornecer uma visão completa da empresa, seus produtos, serviços e informações relevantes para os visitantes. Porém, nesse o usuário tem muitas opções de ação para tomar. Ele pode estar na página inicial, se interessar por um blog e depois fazer um download.

Características de um Site Institucional

  • Variedade de conteúdo: Um site é rico em conteúdo e fornece informações detalhadas sobre a empresa e seus produtos/serviços.
  • Navegação completa: Os visitantes podem navegar por várias páginas do site para acessar informações diversas.
  • Múltiplos objetivos: Um site pode atender a diversos objetivos, como informar, educar, vender, gerar credibilidade sobre produtos ou serviços e muito mais.
  • Design complexo: Geralmente, os sites têm designs complexos e estruturas de navegação elaboradas. Este é um ponto de atenção, pois tal complexidade pode ser ignorada e um projeto mal planejado causa problemas de usabilidade.

O que é uma Landing Page?

Uma landing page, por outro lado, é uma página da projetada com um objetivo específico em mente, geralmente focada em conversões. O objetivo principal de uma landing page é direcionar os visitantes para realizar uma ação desejada, como preencher um formulário, fazer uma compra, assinar uma newsletter ou baixar um recurso.

Diferente dos sites institucionais, as landing pages focam em não oferecer distrações para que o usuário faça a ação desejada ou saia da página. Isso pode parecer estranho em um primeiro momento, mas temos inúmeros testes que comprovam o aumento de conversões com essa estratégia.

As landing pages são utilizadas a muito tempo, principalmente em iscas digitais como ebooks e downloads gratuitos. Porém, com o aumento de interesse em tráfego pago, também crescem as dúvidas de como eles podem ser utilizadas nos anúncios online.

Características de uma Landing Page

  • Foco em conversão: As landing pages são projetadas para direcionar visitantes para uma única ação de conversão.
  • Simplicidade: Elas tendem a ser mais simples em termos de design (existem excessões quando se trata de páginas de lançamento e venda de infoprodutos, mas em geral são mais simples) e conteúdo, com ênfase no objetivo principal.
  • Mensagem direta: Uma mensagem clara e direta é usada para convencer os visitantes a agir.
  • Redução de distrações: Elementos desnecessários são minimizados para evitar distrações como redes sociais, menu para outras páginas e afins.

Diferença entre Site e Landing Page: O que é Melhor para você ou sua Empresa?

Agora que entendemos o que são sites e landing pages, vamos explorar as diferenças fundamentais entre eles e discutir qual pode ser mais adequado para as necessidades de sua empresa.

Antes de entender ponto a ponto, é importante entender que elas não são excludentes. Quando a sua estratégia de marketing ficar mais robusta, vai ser importante ter as duas. O foco agora é entender qual você deve priorizar.

Propósito e Foco

O principal ponto de divergência entre sites e landing pages é o seu propósito e foco. Um site é uma plataforma de informação ampla, destinada a apresentar uma visão geral da empresa e seus serviços, enquanto uma landing page tem um objetivo muito específico, concentrando-se na conversão de visitantes em clientes ou leads.

  • Sites: São ideais para empresas que desejam fornecer informações abrangentes sobre seus produtos, serviços, história, missão e valores. Eles atendem a várias necessidades, desde branding até educação.
  • Landing Pages: São altamente eficazes quando se pretende direcionar a atenção dos visitantes para uma ação específica, como a inscrição em um webinar, o download de um e-book ou a compra de um produto. Elas eliminam distrações e concentram-se no objetivo de conversão.

Conteúdo e design

Outra diferença significativa entre sites e landing pages é o conteúdo e o design. Enquanto os sites oferecem uma variedade de informações e têm um design mais complexo, as landing pages são minimalistas e diretas. O texto em landing pages geralmente são menos informativos e mais persuasivos.

  • Sites: Geralmente possuem múltiplas páginas com conteúdo diversificado, como textos informativos, imagens, vídeos e navegação complexa. O design pode ser mais elaborado e incluir elementos de branding.
  • Landing Pages: Apresentam conteúdo simples e direto, com uma mensagem clara e um design que mantém o foco na ação desejada. Os elementos são escolhidos estrategicamente para maximizar a conversão.

Navegação e experiência do usuário

Mais uma das grandes diferenças entre site e landing page é a experiência do usuário que varia consideravelmente devido à sua estrutura e objetivos distintos.

  • Sites: São projetados para permitir aos visitantes explorar diversas páginas e informações. Eles oferecem uma experiência de navegação mais rica, permitindo que os usuários escolham o que desejam ver. Porém, o usuário pode acabar se perdendo nessa navegação e assim não realização a ação de conversão.
  • Landing Pages: Têm uma experiência mais linear e direta. Os visitantes são guiados por um caminho predeterminado para cumprir o objetivo da página, minimizando a navegação entre diferentes seções. O tempo de interação do usuário vai ser menor, mas a taxa de conversão é maior.

Conversão e rastreamento

Uma das principais vantagens das landing pages é a capacidade de rastrear conversões com precisão, o que pode ser um desafio em sites mais amplos.

  • Sites: Embora os sites possam gerar conversões, como vendas ou inscrições em newsletters, o rastreamento pode ser mais complexo devido à variedade de ações que os visitantes podem realizar.
  • Landing Pages: São altamente eficazes em rastrear conversões, pois são projetadas com um objetivo específico em mente. Isso permite uma análise mais precisa do desempenho e uma otimização mais direcionada.

Um exemplo prático de como medir conversão na landing page é colocar uma página de obrigado após o preenchimento do formulário. O cliente tem duas jornadas: entra no anúncio, preenche o formulário e chega até a página de obrigado ou entra no anúncio e sai da página. Dessa forma, se a pessoa chegou até a página de obrigado, ela realizou a ação desejada.

Velocidade de carregamento

A velocidade de carregamento é crucial para a experiência do usuário e para as taxas de conversão. A diferença é notável entre sites e landing pages.

  • Sites: Devido à complexidade e à quantidade de conteúdo, os sites podem ser mais lentos para carregar, o que pode afetar negativamente a experiência do usuário.
  • Landing Pages: São projetadas para carregar rapidamente, pois possuem menos elementos e conteúdo. Isso contribui para uma experiência mais agradável e taxas de conversão mais altas.

Veja também: Como o tempo de carregamento influencia na conversão de uma página

Flexibilidade e customização

Sites e landing pages também diferem em termos de flexibilidade e facilidade de customização.

  • Sites: Oferecem ampla flexibilidade para personalizar o design, adicionar novas páginas e integrar diversas funcionalidades. No entanto, essa flexibilidade pode exigir mais recursos (financeiros e tecnológicos) e tempo.
  • Landing Pages: São altamente customizáveis, mas geralmente com um foco específico. Elas são ideais para campanhas de curto prazo, pois podem ser rapidamente adaptadas às necessidades de uma campanha específica. Também são muito fáceis de criar versões de testes para verificar qual tem a melhor performance em conversões.

Tráfego pago e SEO

Sites e landing pages também têm diferentes implicações para o tráfego e o SEO (Search Engine Optimization).

  • Sites: Podem atrair tráfego orgânico ao longo do tempo, pois fornecem conteúdo rico e informações valiosas para os mecanismos de busca se otimizados da forma correta. No entanto, a concorrência por palavras-chave pode ser intensa, então é muito importante que haja um planejamento.
  • Landing Pages: São altamente eficazes em campanhas publicitárias, onde o tráfego é direcionado especificamente para atingir um objetivo de conversão. Elas são mais facilmente otimizadas para palavras-chave específicas, mas geralmente são ruins para SEO.

Por que a Landing Page converte mais que uma Homepage?

Agora que entendemos as diferenças entre uma landing page e um site, é importante abordar por que uma landing page é frequentemente mais eficaz em termos de conversão do que uma homepage de um site. Nessa explicação, vamos levar em consideração que você está fazendo um anúncio no Google Ads.

Imagine que seu cliente está buscando “Como fazer um bolo de cenouro fofinho”, encontra o anúncio do seu site que no título está escrito “Como fazer um bolo de cenouro fofinho em 5 minutos”. Esse título indica que ele vai encontrar exatamente o que está buscando, porém, quando entra na página tem receitas sobre frango assado, torta de maçã e você não encontra a receita do bolo.

O seu cliente vai sair da página e procurar uma que entregue a receita do bolo que ele quer. Porém, se a página fosse específica sobre bolo de cenoura fofinho, a probabilidade dele ficar é muito maior.

Esse exemplo pode parecer bobo, mas quando se trata de um produto ou serviço, acontece muito. Mas isso não é tudo, veja abaixo alguns outros pontos que fazem as landing pages converterem mais que uma homepage.

Foco na conversão

As landing pages convertem mais pois o seu foco exclusivo na conversão. Enquanto uma homepage de um site pode conter várias informações e links, uma landing page concentra-se em uma única ação que deseja que os visitantes realizem. Essa abordagem simplificada torna mais fácil para os visitantes entenderem o que se espera deles e tomar a ação desejada.

Mensagem clara e direta

As landing pages são projetadas com mensagens claras e diretas. A mensagem é elaborada de forma a persuadir os visitantes a agirem imediatamente. Não há distrações, como menus de navegação complexos, links para outras páginas ou informações irrelevantes. Isso ajuda a manter o foco do visitante na ação desejada.

Design otimizado

O design de uma landing page é otimizado para maximizar a conversão. Elementos como cores, layout, imagens e formulários são escolhidos cuidadosamente para criar uma experiência que incentiva os visitantes a agir. O design simplificado evita qualquer tipo de confusão, tornando a conversão mais intuitiva.

Veja também: Como otimizar o design de uma landing page para aumentar a taxa de conversão

Testes A/B

Uma prática comum em landing pages é a realização de testes A/B. Isso envolve a criação de duas versões da mesma página, com pequenas variações, como a cor de um botão de chamada para ação (CTA) ou a cópia de um título. Os testes A/B permitem que os profissionais de marketing determinem qual versão gera mais conversões e, em seguida, otimizem a página com base nos resultados.

Segmentação específica

Por fim, uma das últimas diferenças entre site e landing page é que as landing pages são frequentemente usadas em campanhas pagas de marketing digital, o que significa que o tráfego direcionado para essas páginas já tem algum nível de interesse no que está sendo oferecido. Isso permite uma segmentação mais específica e direcionada, o que aumenta as chances de conversão.

Como criar uma Landing Page?

A criação de uma landing page eficaz requer atenção a vários elementos-chave. Aqui estão algumas etapas para criar uma landing page de alta conversão:

  • 1. Defina o objetivo
  • 2. Escolha uma oferta valiosa
  • 3. Crie uma mensagem clara
  • 4. Design atraente
  • 5. Formulário simples
  • 6. Prova social
  • 7. Teste A/B
  • 8. Otimização para dispositivos móveis
  • 9. Análise de dados
  • 10. Ajuste e otimização

Essas são etapas gerais, mas se você deseja entender mais sobre o processo de criação. Acesse nosso conteúdo: Como criar uma Landing Page.

Conclusão

Em resumo, sites e landing pages desempenham papéis distintos na estratégia de marketing digital de uma empresa. Enquanto os sites fornecem uma visão abrangente da empresa e seus serviços, as landing pages são projetadas para converter visitantes em clientes ou leads de maneira direta e eficaz.

A escolha entre um site e uma landing page depende dos objetivos específicos da sua empresa e das necessidades da campanha. Em muitos casos, uma combinação de ambos pode ser a abordagem mais eficaz, aproveitando os pontos fortes de cada um.

No entanto, é fundamental compreender as diferenças entre site e landing page. Aplicar as melhores práticas ao criar landing pages para garantir que elas atinjam seus objetivos de conversão. Com uma estratégia bem planejada e a implementação correta.

Compartilhe esse conteúdo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Veja mais conteúdos

Criação de site

Como criar um site

No mundo digital de hoje, ter uma presença online sólida é essencial para qualquer negócio. Um dos pilares dessa presença é um site bem construído, que serve como um cartão

Leia mais »
Criação de site

Criação de site institucional

Nos dias de hoje, a presença digital é fundamental para empresas de todos os portes e segmentos. Entre os diversos tipos de sites, o institucional destaca-se como uma ferramenta essencial

Leia mais »

Fale conosco